Pequeno produtor pode aumentar renda com atividade leiteira

Emater-DF

Emater-DF realiza primeiro Dia de Campo do programa Brasília Leite Sustentável

O produtor rural Flávio Franklin Guimarães possuía alguns cavalos e vacas, mas trabalhava com serviços diversos. Morador do núcleo rural Barra Alta (região administrativa de Planaltina), ele e sua mulher, Elisabete Pereira de Souza, ingressaram no programa Brasília Leite Sustentável em novembro do ano passado. Desde então, ele passou a se dedicar inteiramente à atividade e viu sua produção aumentar. Tirando 50 litros de leite por dia atualmente, sua meta é chegar a 200 litros. O casal abriu sua propriedade para a realização do primeiro Dia de Campo do projeto, na manhã desta terça-feira. Mais de 70 produtores participaram do evento.

Flávio é um dos trinta produtores rurais que fazem parte do programa. Ele, a mulher e os quatro filhos trabalham na produção. Coordenado pela Emater-DF, em parceria com a Secretaria de Agricultura e Desenvolvimento Rural (Seagri), Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-DF), Federação de Agricultura e Pecuária do DF (Fape-DF), Câmara Setorial do Leite (CSL-DF) e a Cooperativa Agropecuária de São Sebastião (Copas), o Programa Brasília Leite Sustentável se destina a desenvolver a atividade leiteira com o uso de tecnologias adaptadas a pequenas propriedades.

De acordo com Flávia Lage, coordenadora do Programa de Leite da Emater-DF, o programa surgiu da necessidade de melhorar o planejamento e o gerenciamento da atividade, visando a profissionalização do pequeno produtor. “Já estamos prestando a assistência técnica a 30 produtores. A adesão ao programa é voluntária e o comprometimento do produtor é fundamental na realização do controle zootécnico e financeiro. A meta é aumentar a participação da produção local no mercado do DF, fazendo com que os produtores tenham mas renda.

O Dia de Campo foi dividido em quatro estações: na primeira, Flávia explicou as diretrizes do programa. Em seguida, técnicos da Emater-DF falaram sobre os tipos de pasto mais adequados e qualidade do leite. Os participantes assistiram também a uma palestra sobre silagem (alimentação para gado). De acordo com Flávia Lage, haverá outras atividades semelhantes para difundir o programa. A meta é aumentar de 30 para 50 produtores contemplados ainda este ano.

Fonte: Emater-DF

About these ads

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s