MA: agricultores familiares de Arari serão beneficiados pelo PAA

agricultura%20famiilar

Divulgação

Arari/MA – Agricultores familiares do município de Arari não precisam mais se preocupar com a comercialização de seus produtos. A partir de agora eles têm garantia de mercado durante o ano todo. A comercialização está assegurada pelo Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) – coordenado no Maranhão pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social e Agricultura Familiar (Sedes).

Amanhã (17), o titular da Sedes, Fernando Fialho, e o prefeito de Arari, Djalma Melo, acompanharão a entrega pelos agricultores familiares de produtos para o PAA – marco inicial da implementação do programa no Maranhão, que deve atingir até o final do ano 97 municípios. Destes, 71 já assinaram o termo de adesão em parceria com o Governo do Estado e 26 estão em processo de adesão.

“Fico feliz em constatar o sucesso de nossos agricultores familiares. A produção é significativa e, agora, eles não terão mais dificuldades para comercializá-los”, comemorou a governadora Roseana Sarney ao receber das mãos da agricultora familiar Brena Karlliane uma cesta com os principais produtos produzidos na região.

O secretário Fernando Fialho ressaltou que o PAA é, ainda, fundamental para aquecer a economia local e fornecer alimentação de qualidade em escolas, creches e hospitais, entre outras entidades socioassistenciais.

Histórico

O município de Arari teve a sua proposta de comercialização aprovada pelo Ministério de Desenvolvimento Social (MDS), oficializada pela Portaria 38 de 29 de abril de 2013, contemplando 30 agricultores e 4 entidades. Até o final deste mês, outros 24 municípios devem ser confirmados no PAA: Afonso Cunha, Alcântara, Buriti Bravo, Bacabal, Cachoeira Grande, Cândido Mendes, Cantanhede, Central do Maranhão, Dom Pedro, Guimarães, Humberto de Campos, Itapecuru-Mirim, Lagoa do Mato, Magalhães de Almeida, Marajá do Sena, Morros, Nina Rodrigues, Parnarama, Passagem Franca, Pindaré Mirim, Raposa, São João do Sóter, Santana do Maranhão e Vargem Grande, contemplando 957 agricultores familiares, 149 entidades e um volume de negócios de quase R$ 5 milhões.

“O PAA e uma ferramenta estratégica para a redução da extrema pobreza rural no em nosso estado”, ressaltou Fernando Fialho.

Fonte: Governo do Maranhão

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s