Cooperativa do DF recebe cédula de crédito rural

Como parte do Plano Brasil Sem Miséria, a Cooperativa Agropecuária de São Sebastião (Copas) terá recursos para formar estoques de produtos lácteos para atender escolas públicas e entidades filantrópicas do DF. Foto: Divulgação / Emater-DF

Uma das metas do Plano Brasil Sem Miséria para a área rural é aumentar em quatro vezes o número de agricultores familiares atendidos pelo Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). Para representar os beneficiários dessa política pública no Distrito Federal, a Cooperativa Agropecuária de São Sebastião (Copas) participará nesta sexta-feira (16) da cerimônia “Pacto Centro-Oeste – Seis meses do Plano Brasil Sem Miséria”, no Palácio do Planalto, às 10h30.

O evento é promovido pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome e terá a participação da Ministra Tereza Campello, da Presidente da República Dilma Rouseff e do Governador do DF Agnelo Queiroz. O evento também reunirá autoridades dos diversos estados do Centro-Oeste.

Na ocasião, será feita assinatura da Cédula de Crédito Rural que beneficiará a cooperativa com recursos do PAA por meio da modalidade de Apoio à Formação de Estoques pela Agricultura Familiar (CPR/Estoque). Esse crédito é uma das ofertas do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) no Plano Brasil Sem Miséria para promover a inclusão sócioprodutiva das cooperativas de agricultores familiares do País.

A Copas é uma das cooperativas do DF acompanhadas pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-DF) e pela Secretaria de Agricultura e Desenvolvimento Rural. Ela conta com 123 cooperados e comercializa, por dia, 2400 litros de leite para o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), 600 quilos de queijo e 200 de manteiga para o PAA e 8500 litros para o Programa do Leite do Governo do Distrito Federal.

Com o recurso recebido, a cooperativa poderá formar seu estoque e agregar valor aos produtos da agricultura familiar e, ao mesmo tempo, conseguir atender com segurança e regularidade a entrega dos produtos diretamente às escolas da rede pública e às instituições filantrópicas.

Fonte: Emater-DF